Idealizar um emprego perfeito pode afastar você da felicidade pessoal e profissional

Natália Collor

O que é felicidade na carreira para você? Quando o assunto é construção de carreira, quebrar mitos de que a profissão seria desfrutar de uma carreira perfeita é fundamental para não gerar frustrações. O Tiago Febel, especialista em desenvolvimento humano e sócio da New Me Escola de Carreira, conversou com a Symplicity sobre como a idealização da carreira perfeita influencia na atuação no mercado de trabalho e afeta seu entendimento de felicidade.

Ser feliz para muitas pessoas é formar a família do comercial de margarina, segundo Tiago. Ter filhos, uma carreira consolidada, casa própria, vida financeira estável. A partir desta idealização de uma vida sem percalços, é que surgem frustrações. Acreditar que existe um emprego perfeito é uma ilusão que influencia todas as outras áreas da vida. O trabalho é bom e ruim, assim como a vida, conseguir ver esta ambiguidade e fazer este alinhamento de expectativas é importante para amadurecer profissionalmente. Vão existir momentos de tensão, de prazer e também períodos que podem ser difíceis, mas é importante perceber que o ambiente de trabalho também passa por altos e baixos. Vale sempre ter em mente que existem situações desafiadoras que ajudarão no amadurecimento e que farão você crescer como profissional.

De acordo com Tiago, muitas pessoas se dão conta que o lugar onde gostariam de estar é exatamente onde estão. Elas conseguem ver que o lugar não é perfeito mas, ao analisar os prós e contras, acabam entendendo o porquê de cada um dos incômodos e criando significado para cada período desafiador.

Apenas após o entendimento de que nenhuma carreira é perfeita, é possível passar para outra fase, a do autoconhecimento. Neste processo se busca entender se o seu local de trabalho é ou não o local ideal para você. Caso não seja, se auto-conhecer vai possibilitar que você busque um local que faça sentido com suas crenças e objetivos. Mas que local seria este? Quais são os valores e prioridades que você gostaria de encontrar em um local de trabalho?

Um ótimo exemplo é um pai ou mãe de família que ganha bem mas percebe que passa pouco tempo com os filhos. Sabendo que nenhuma carreira será perfeita, esta pessoa precisa analisar se para ela neste momento da vida é mais valioso receber um salário que proporcione segurança financeira ou se estar mais perto da família tem mais valor. Tudo é equilíbrio e o autoconhecimento vai ajudar a entender quais são os seus limites e quais objetivos têm mais sentido e relevância para você.

Como utilizar as redes sociais a favor da vida profissional

Empregabilidade e o papel dos escritórios de carreira no Ensino Superior

Deixe um Comentário